Paranapiacaba (Santo André/SP)

 

Se você está em um final de semana em São Paulo sem ter muitas opções do que fazer, pode escolher conhecer a Vila de Paranapiacaba que fica no município de Santo André (ABC Paulista), o lugar é bastante interessante e reúne diversos atrativos naturais e históricos.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE O FESTIVAL DE INVERNO DE PARANAPIACABA 2014 - CLIQUE AQUI

PROGRAMAÇÃO COMPLETA FESTIVAL CHOCOLATE RIBEIRÃO PIRES 2014

vila-paranapiacaba

Próxima a São Paulo a vila de Paranapiacaba esconde belezas, cultura e história (foto: Carlos Ferreira)

 

História: Paranapiacaba

A Vila de Paranapiacaba foi um dos pontos mais importantes de escoamento da produção paulista de café do século XIX por meio das ferrovias. Está em uma região estratégica que liga a cidade de São Paulo a Baixada Santista pela Serra do Mar.

A empresa que administrava esta ferrovia era a inglesa São Paulo Railway e precisava de um lugar para residenciar seus funcionários e por conta de sua localização privilegiada, Paranapiacaba foi escolhida e a vila passou a ser construída.

historia-paranapiacaba

Um dos primeiros trens que chegou a São Paulo está na vila de Paranapiacaba (foto: Carlos Ferreira)

Para que os ingleses se sentissem mais confortáveis, toda a vila foi criada sob forte influência britânica e justamente por isso possui uma arquitetura pouco vista no Brasil. Todas as casas originais são de madeira adaptadas para o clima imprevisível da serra, até hoje essas residenciais permanecem como habitações na vila.

Com o abandono da malha ferroviária pelo governo brasileiro Paranapiacaba sofreu diretamente os impactos e se tornou um lugar abandonado, muito de sua história, infelizmente, se perdeu por deterioração do tempo.

 

paranapiacaba

Vista do Museu Castelinho à réplica do Big Ben que fica em Paranapiacaba (foto: Carlos Ferreira)

 

Paranapiacaba Atualmente

A Vila de Paranapiacaba passa por uma recuperação e reestruturação, se tornou um ponto turístico bem frequentado e frequente dos paulistanos. Durante os meses de junho e julho é realizado o Festival de Inverno de Paranapiacaba, que reúne diversos artistas de MPB, Rock e Pop nacionais e em 2014 entra em sua 14ª edição.

Paranapiacaba conta com pouca estrutura hoteleira, porém atualmente a vila está toda voltada ao turista, possui diversos estabelecimentos como restaurantes e bares, além de dois museus que contam a história da região.

Ao redor da vila está o Parque Estadual Serra do Mar, muito famoso por suas trilhas e belezas naturais, sendo a maior área remanescente da Mata Atlântica do Brasil; e o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba, modelado pela prefeitura de Santo André.

trilha-prainha-paranapiacaba

As belezas naturais e trilhas são um dos atrativos de Paranapiacaba (foto: Divulgação)

 

Nossa opinião: Paranapiacaba

Gostamos muito de Paranapiacaba por conta de sua história e proximidade com a capital de São Paulo, serve como um ótimo reduto para fugir do estresse e caos da cidade. Lá é possível fazer diversas trilhas e mergulhar em algumas cachoeiras.

Para se ter ideia, existe uma trilha que sai da vila e chega até a cidade de Cubatão, no litoral paulista, são cerca de 8 horas de caminhada e é preciso preparo físico para desbravar essa longa caminhada. A Serra do Mar é o lugar onde a maioria dos trilheiros, mesmo os experientes, se perdem, por isso todo cuidado é pouco, sempre é importante ter um guia por perto.

paranapiacaba-caminho-trilha

A atenção nas trilhas deve ser redobrada, muitas pessoas se perdem na região (foto: Divulgação)

Os museus da vila são bem interessantes, vale a pena conhecê-los. E ir até a Paranapiacaba nos dias de Festival de Inverno é conhecer um novo lugar, existem diversas comidas típicas e música boa para se ouvir (confira a programação antes). O Cambuci é uma fruta típica da região, você encontrará de tudo com a fruta, desde cachaça, até sobremesas.

O clima da serra, como já dissemos, é bem imprevisível, neblina densa e chuva são constantes no lugar, portanto sempre ande com um guarda-chuva ou capa de chuva. É interessante conhecer a vila em um dia ensolarado e em outro com a neblina bem forte, parecem dois lugares diferentes.

flora-paranapiacaba

A preservação nas proximidades de Paranapiacaba faz com que ela seja um dos poucos remanescentes da Mata Atlântica (foto: Carlos Ferreira)

Como chegar: Paranapiacaba

A Vila de Paranapiacaba está há 50 KM da capital apenas, você pode chegar lá de carro, trem ou ônibus. Apesar de ser um pouco afastada o acesso a vila é fácil.

Como fizemos

Como estamos em São Paulo optamos pelo transporte público. Embarcamos na estação Brás da CPTM e pegamos o trem com destino a Rio Grande da Serra (Linha 10 – Turquesa), desembarcamos na estação final.

Ao chegar em Rio Grande da Serra, pegamos o ônibus da EMTU 424 – Rio Grande da Serra (Centro)/Santo André (Paranapiacaba) que custa R$ 3,05 e nos deixa já na parte alta da vila. Todo este percurso (desde a estação Brás) demora em média 1h30.

 

De Carro

Existe uma Rodovia que dá acesso a Paranapiacaba, a SP – 122 (Rodovia Ribeirão Pires Paranapiacaba) é a forma mais rápida e pratica de chegar até a vila. Traçamos alguns trajetos que podem lhe ajudar. Clique abaixo em seu ponto de partida:

São Paulo

São Bernardo do Campo

Diadema

Mauá

São Caetano do Sul

Ribeirão Pires

Rio Grande da Serra

 

De Trem

A CPTM oferece um Expresso Turístico que sai da estação Luz e vai até Paranapiacaba. Durante a viagem são repassadas informações históricas sobre o trajeto e o destino. O passeio é realizado aos domingos (exceto o segundo do mês) e custa R$ 34,00 por usuário, para saber mais sobre datas e preços clique aqui.

Avaliação Final: Paranapiacaba

A Vila de Paranapiacaba é um dos lugares mais próximos a capital que consegue reunir cultura, história e belezas naturais. O Viva o Brasil dá Nota 9,1 a vila por conta de todas suas opções de lazer.

15 Comentários

  1. Angela Maria Pellegrini 27 de maio de 2014 as 21:35

    Sou apaixonada pela Vila de Paranapiacaba,é pena que as casas não estão conservadas e os trens da CPTM não vão mais até a Vila.Na minha opinião os turistas teriam mais comodidade e as visitas seriam constante.
    Espero que as autoridades do município de Santo André melhorem o transporte,a estrada e incentive atividades culturais e artística na Vila de Paranapiacaba.
    Obrigada.

    Angela Maria Pellegrini

    • Viva O Brasil 28 de maio de 2014 as 01:26

      Também achamos que a vila devia estar mais conservada Angela, mas existe um projeto para que isso vire uma realidade. Ele preza pela restauração e preservação da vila, foram destinados diversos recursos do Governo Federal para isso. Vamos esperar que esse dinheiro seja bem investido, coisa rara em nosso país! Obrigado pelo comentário!

  2. Francisco antonio barbosa neto 30 de maio de 2014 as 20:55

    temos que cuidar deste patrimonio!!!

    • Carlos Ferreira
      Carlos Ferreira 31 de maio de 2014 as 12:52

      É isso mesmo Francisco! Resgatar nossa história e cuidar da natureza é uma coisa que precisamos nos atentar cada dia mais! Durante muito tempo não preservamos nossos patrimônios naturais e históricos, está na hora de resgatarmos o que é possível e cuidar do que ainda nos resta!

  3. CARLOS EDUARDO POLLI 8 de junho de 2014 as 17:23

    A CPTM deveria disponibilizar trens extras para Paranapiacaba aos sabados e domingos, dos mesmos modelos que circulam entre Franscisco Morato e Jundiai, a intervalos medios de 30 minutos, facilitando o acesso a regiao!

  4. Edilson Figliola 20 de junho de 2014 as 13:35

    Gostaria de dicas e opiniões sobre como se hospedar em Paranapiacaba

    • Carlos Ferreira
      Carlos Ferreira 25 de junho de 2014 as 14:44

      Olá, Edilson!

      A hospedagem em Paranapiacaba basicamente é feita em pousadas. O lugar não possui muitos leitos, então nos dias de festival pode ser um pouco concorrido encontrar uma vaga.

      Seguem as informações de algumas pousadas: Pousada Shamballah (11) 4439-0574 / Pousada Avalon (11) 4439-000/ Chalés de Paranapiacaba (11) 9 9970-7102

  5. Frank Mundim 26 de dezembro de 2014 as 05:33

    Olá, estou vendo o site todo, e estou com uma dúvida!
    Tenho interesse em conhecer o Brasil, pegar trilhas, acampar e etc… gostaria de saber sobre acampamentos selvagens, aqueles feitos em locais sem estrutura, sempre preservando ao máximo o local. Podem ser feito nos locais citados no site? Como este, ou praias, ou Itaqueri da Serra. Seria legal colocar essas informações, ajudando quem quer fazer um turismo alternativo, sem gastar com hotéis e etc… Parabéns pelo trabalho! Abraço!

    • Carlos Ferreira
      Carlos Ferreira 14 de janeiro de 2015 as 15:11

      Frank, por lei é proibido acampar nas praias brasileiras. Porém como muitas famílias precisam de renda para sobreviver, fazem dos quintais das suas casas campings, portanto não é tão difícil encontrá-los quando você chega a esses lugares!

      Obrigado pelas dicas!

  6. Eduardo 16 de janeiro de 2015 as 02:07

    Boa noite! Sou do Paraná e vou estar em São Paulo e gostaria de ir até Paranapiacaba e conhecer a vila. Pelo que percebi vou ter que pegar o trem turistico partindo da Estação da Luz até Paranapiacaba e depois pegar um ônibus circular para a Vila. Seria isso? Em que local eu encontro o ponto deste ônibus e qual o nome da linha? Obrigado!

    • Carlos Ferreira
      Carlos Ferreira 19 de janeiro de 2015 as 12:16

      Olá Eduardo, obrigado por acessar nosso blog.

      Para ir até Paranapiacaba você tem as duas opções, o expresso turístico e o transporte convencional. Pelo expresso turístico você precisará conferir as datas e valores que são diferenciados de transporte tradicional, caso opte por ele não precisará pegar nenhum outro ônibus, a passagem sai por 39,90 por usuário e você terá uma visita monitorada.

      Mas caso você queira pagar mais barato e não esperar as vagas do expresso pode ir até a estação Brás da Cptm e embarcar sentido Rio Grande da Serra, descer na última estação e pegar o ônibus com destino a vila essa viagem demora cerca de 1h40 e custa cerca de R$ 7.

  7. tereza 1 de maio de 2015 as 00:55

    Boa Noite.
    Estou passando por um momento de luto e preciso ficar uns dois dias em encontro comigo mesmo. Busco uma pousada confortável…quente. Gostaria de saber se em Paranapiacaba oferece isso. obriigada

    • Carlos Ferreira
      Carlos Ferreira 1 de maio de 2015 as 02:09

      Tereza, nossos pêsames por este momento. Nunca procuramos Paranapiacaba com esta intenção de reencontro, mas fora de festivais e temporadas a vila é bastante tranquila, principalmente durante a semana, recomendamos que você procure a vila nesses períodos.

  8. Tiago Santos 10 de abril de 2017 as 14:07

    Gostaria de saber se já tem as datas do festival de inverno em Paranapiacaba 2017.

    • Carlos Ferreira
      Carlos Ferreira 8 de maio de 2017 as 20:56

      Ainda não Tiago, assim que tivermos informações iremos disponibilizá-las aqui!

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Preecha os campos obrigatórios marcados com (*)