Lançamento: “São Paulo deve ser destruída”

O livro “São Paulo Deve Ser Destruída – A História do Bombardeio à Capital na Revolta de 1924”, do jornalista e professor Moacir Assunção terá um evento de lançamento nesta sexta-feira (18/09) na Biblioteca Mário de Andrade, o evento começa às 18h30 e tem entrada gratuita.

No livro, o autor resgata os cenários de guerra que assolaram a região e reconstitui a história de personagens que viveram o bombardeio feito na, então, segunda maior cidade do país. O ataque comandado pelo governo do presidente Arthur Bernardes, atirava de hora em hora contra fábricas e bairros proletários como Mooca, Brás e Perdizes, forçando a população irem de encontro as tropas. Cerca de 300 mil pessoas abandonaram a cidade, refugiando-se no interior por conta dos ataques, diversos outros foram vítimas deste massacre.

A Revolta de 1924 foi a segunda que ocorreu durante o Tenentismo – movimento dos baixos escalões do exército brasileiro que estavam insatisfeitos com a situação política do país – e é considerada o maior conflito bélico que ocorreu na cidade de São Paulo, a revolta foi comandada por Isodoro Dias Lopes.

Serviço

Lançamento: São Paulo deve ser destruída

  • Onde: Biblioteca Mário de Andrade
  • Quando: 18 de setembro
  • Quanto: Entrada Franca
  • Horário: 18h30
  • Classificação: Livre
  • Endereço: Rua Dr. Bráulio Gomes, nº 125/139. Centro (próximo da estação Anhangabaú do metrô)
  • Telefone: (11) 3775-1402 ou (11) 3775-1401

são-paulo-deve-ser-destruida

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Preecha os campos obrigatórios marcados com (*)