I Seminário Queer: cultura e subversão das identidades

O Sesc Vila Mariana recebe amanhã e quinta (dias 09 a 10 de setembro) o I Seminário Queer: cultura e subversão das identidades. No evento, promovido pelo Sesc São Paulo em parceria com a Revista Cult, estarão presentes diversos pensadores da questão queer e de gênero, dentre eles está Judith Butler, filósofa norte-americana da Universidade de Berkeley e uma das fundadoras da Teoria Queer.

Os ingressos estão esgotados, porém todo o seminário será transmitido online, você poderá acompanhar clicando aqui. A Teoria Queer surgiu na década de 1980, a partir da confluência de vertentes radicais do feminismo e dos estudos gays e lésbicos, e propõe uma análise crítica à hegemonia heterossexual, interpretada como uma imposição cultural que permeia o discurso e a prática em diversos âmbitos da realidade social, cultural e política.

Também farão parte da programação: Marie-Hélène Sam Bourcier (Universidade de Lille – França), Richard Miskolci(UFSCar), Carla Rodrigues (UFRJ), Karla Bessa (UNICAMP), Leandro Colling (UFBA), Guacira Lopes Louro (UFRGS), Jorge Leite Júnior (UFSCar), Pedro Paulo Gomes Pereira (UNIFESP), Berenice Bento (UFRN), Larissa Pelúcio (UNESP) e a escritora Marcia Tiburi (Universidade Mackenzie).

seminario-queer-sesc-vila-mariana

Seminário promove debate sobre a temática queer e traz Judith Butler pela primeira vez ao Brasil (Foto: Divulgação)

 

I Seminário Queer: cultura e subversões das identidades

9 de setembro (quarta-feira)

8h30 • Credenciamento

9h • Abertura Foyer e Café (Teatro)

10h• Abertura e Fala institucional SESC

10h30• “O QUE É O QUEER?”

Palestrante: Richard Miskolci (UFSCar)

Mediação: Raquel Cozer (Folha de S. Paulo)

12h • Almoço

14h • “CULTURA E POLÍTICA”

Debate sobre como os estudos queer modificaram acompreensão da política sexual e suas formas de expressão. Visa explicitar como o queer propôs umaperspectiva crítica à normalização corporal e subjetiva que se dá por meio de instituições e práticas culturais.

Palestrantes: Carla Rodrigues (UFRJ), Karla Bessa (UNICAMP), Leandro Colling (UFBA)

Mediação: Renan Quinalha (escritor)

15h45 • Intervalo

16h • CONFERÊNCIA

Palestrante: Judith Butler (Estados Unidos)

Mediação: Vladimir Safatle (USP)

10 de setembro (quinta-feira)

8h30 • Credenciamento

9h00 • Abertura Foyer e Café (Teatro)

10h00 • “GÊNERO E SEXUALIDADE”

Propõe esmiuçar os dois vetores centrais de normalização social em uma perspectiva queer.Os dispositivos de gênero e sexualidade reproduzem formas convencionais de vida, mantendo e até ampliando as formas dedesigualdade envolvendo orientação sexual e “normalidade” corporal.

Palestrantes: Berenice Bento (UFRN), Marie-Helène Sam Bourcier (França) e Marcia Tiburi (escritora)

Mediação: Marta Colabone (historiadora)

12h00 • Almoço

14h00 • “EDUCAÇÃO E SAÚDE: APRENDIZADOS”

Foco em uma das temáticas mais presentes na produção queer: a generificação e sexualização dossujeitos por meio das tecnologias sociais presentes na esfera da educação, da saúde e outras formas de pedagogia.

Palestrantes: Guacira Lopes Louro (UFRGS), Jorge Leite Júnior (UFSCar) e Pedro Paulo Gomes Pereira (UNIFESP).

Mediação: Úrsula Passos (Folha de S. Paulo)

15h45 • Intervalo

16h00 • “CONTRA-HEGEMONIAS – OS ESTUDOS QUEER ENTRE OS SABERES INSURGENTES”

Situa os estudos queer entre as vertentes críticas de pensamento, que, após adécada de 1960, se insurgiram contra a hegemonia disciplinar, assim como os diferentes feminismos e os estudospós-coloniais e decoloniais. O intuito é trazer elementos para compreender o pensamento queer como um saber insurgentee contra-hegemônico a desenvolver ferramentas conceituais e políticas para a transformação social na esfera do desejo, dogênero e da sexualidade.

Palestrantes: Larissa Pelúcio (UNESP) e Richard Miskolci (UFSCar)

Mediação: Anna Paula Vencato (pesquisadora)

Serviço

I Seminário Queer : cultura e subversões das identidades

  • Onde: Sesc Vila Mariana
  • Quando: 9 e 10 de setembro de 2015
  • Quanto: INGRESSOS ESGOTADOS
  • Horário: consultar programação; credenciamento diário a partir das 8h30 e abertura às 10h.
  • Classificação: 14 anos
  • Endereço:Rua Pelotas, 141, Vila Mariana (próximo a estação Ana Rosa do metrô)
  • Transmissão: CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Preecha os campos obrigatórios marcados com (*)